sábado, 4 de janeiro de 2014

DOIS ANOS JÁ SE PASSARAM

Parece que foi esta semana, quando recebi aquele telefonema num Sábado a noite, me comunicando da saúde do nosso pai. Que estava na UTI de um Hospital em Recife. No momento do telefonema, eu estava na orla de Juazeiro BA com o meu esposo, quis logo voltar pra minha casa aqui em Petrolina e parti pra Recife. No outro dia cheguei. Como todos os dias havia visita, todos os dias que estive em Recife fui visitar o meu pai juntamente com minha mãe que sempre esteve lá e nunca deixou se quer  de ir um dia visitá-lo ali. 
Fiquei em Recife mais ou menos uns quinze dias, mas o meu pai ficou internado por Dezessete dias. Me lembro que numa Terça Feira, dia 20 de Dezembro de 2011, eu estava me sentindo tão cansada, tão desmotivada e sem forças que falei pra minha mãe dizendo que não iria visitar o meu pai com ela naquele dia. Eu realmente não estava me sentindo bem, e ela me pediu ainda pra ir, mas eu procurei minha irmã pra ir com ela, minha irmã não estava se sentindo bem naquele momento também e me disse que não iria. Falei então com minha filha que também, não podia ir pois ia trabalhar. Sei que procurei por várias pessoas e dando o cartão com passagens pra ir e, não encontrei ninguém.
Foi chegado o momento de ir e eu e minha mãe seguimos para a parada do ônibus e chegamos ao Hospital Getúlio Vargas onde estava internado o meu pai. Quando íamos entrar o porteiro anunciou que a visita acabava dentro de um minuto, isso mesmo! Em um minuto acabava a visita, só tínhamos um minutinho pra correr e olhar o meu pai (A visita naquele dia só seria de meia hora e no horário adiantado, devido alguns procedimentos que iriam fazer). Então, corremos e lá vi de longe a cabeça do meu pai, ele estava deitado de lado, de costas para a entrada. Corremos até ele, falei com ele: "Pai, estamos orando pelo o senhor", ele escutou, mas não me respondeu. Ele não podia falar, devido a gravidade da saúde (o último AVC foi muito forte) mas, sei que ele me ouviu. Então percebi que ele estava ofegante e as maquinas não estavam ligadas. Minha mãe ficou conversando com ele e, eu fui falar com a Enfermeira Chefe. Conversando com ela procurei saber o motivo das maquinas estarem desligadas, pois todas as vezes sempre estavam ligadas e naquele dia não. Ela então me explicou a situação do quado clinico do Sr. João Alves e, nos disse que s medicamentos estavam sendo ministrados todos em horário certos, não havendo nenhuma irregularidade, mas a situação do paciente cada dia se agravava. A medicação fazia efeito no momento que era ministrado e depois o resultado era pior. Então ele já estava com a saúde muito comprometida e, que não havia mais o que fazer porque o  que tinham dado de remédios eram já doses muito fortes e o feito estava sendo breve. Estaria somente aguardando uma outra medicação que estava pra chegar, pra ver se essa teria algum resultado positivo. Esta conversa com a médica durou mais que um minuto e, o porteiro já havia ido lá duas vezes, mas não pode fazer nada conosco porque estávamos conversando com a média. Quando terminamos a conversa com ela, falamos com pai e saímos. Na saída, encontramos com a amiga Ieda Ventura, que só conseguiu nos encontrar quando a visita já havia acabado. Fomo pra parada pegar o ônibus e, no caminho minha irmã me liga pra informar que eu e minha  mãe voltássemos para o HGV, pois recebera um comunicado do mesmo que o nosso pai havia piorado. Entendendo o motivo do nosso retorno, minha mãe pegou o RG dele e levou consigo e fomos mais uma vez ao HGV. Desta vez, com minha filha e meu genro. Chegamos lá, a Assistente Social havia saído e ficamos a espera. Quando ela chegou, nos levou pra sua sala e começou a conversar e depois de várias conversas e observações, ela nos comunicou que o nosso pai havia falecido logo quando saímos. Então o Sr. João Severino Alves (João do Cigarro), veio a falecer as 15:50h do dia 20 de Dezembro do ano 2011. Naquele momento do comunicado, parecia que estávamos sem chão. Choramos, claro. Mas não podíamos ficar prostrados aos prantos, pois tínhamos o que fazer. Fomos ao prédio anexo, necrotério, para conferir e assinar. Assinei e coloquei o Nº do RG dele. Liguei pra o meu filho em RN e alguns parentes e amigos juntamente com minha filha que fez diversas ligações. Neste mesmo dia, a noite, já estávamos com o corpo a ser velado no Cemitério de Casa Amarela. No dia Vinte e Um de Dezembro a tarde, foi o sepultamento do Sr. João Severino Alves, onde tivemos a presença de filhos, genros, netos, bisnetos, irmãos, sobrinhos, parentes e amigos, um dos amigos que ele muito gostava esteve em seu sepultamento que era o Dr. João de Meira Braga (João Braga) e, um outro amigo que fazia muitos anos que não se viam o Dr. Oscar Ribeiro, este esteve em seu velório. Dentre alguns líderes comunitários esteve conosco: Ieda Ventura (minha amiga) e José Moura (Alto Stª Izabel). 
Participação do povo de Deus, representados por várias igrejas, pois todos os nossos familiares somos cristãos. Foi dada a oportunidade para minha fala, depois ao Moura (Alto Stª Izabel) e, voltando a fala pra mim, onde foi lida a Mensagem Amigos Pra Sempre em homenagem ao nosso pai, que nos diz assim: 

"Emoção, eu sei floresce
nestes corações amigos 
Tantas situações vividas
tão preciosas nunca mais se esquece 

Mas perto estaremos, sempre como que nada hoje aconteceu 
Pois o amor brotou sincero e vai nos conservar num só. 


Ser amigos é pra sempre, como eterno é nosso Deus 
Como amigos nós diremos: até breve, não adeus. 
Eu agora vou partir sob a mão do Pai seguir. 
Mas, amigos nada vai nos separar

Com carinho e fé criados pela convivência pura 
Nos encontraremos sempre. 
Na distância só o amor perdura". 

Daí então, está nos braços do Pai Celestial.



*Sei que o meu pai tinha muita vontade de viver, vontade de estar entre nós. Ele lutava pra continuar em nosso convivio, mas não somos eternos. Só a nossa alma é eterna.


Edna Alves.

terça-feira, 20 de novembro de 2012

DIVULGUE E SIGA ESTE BLOG DE MISSÕES QUE É UMA BÊNÇÃO!!!

É SOMENTE VOCÊ CONFERIR!

Clique aqui e conheça de perto meu trabalho.

11 MESES DO FALECIMENTO DO SR. JOÃO



HOJE 20 DE NOVEMBRO DE 2012 FAZ 11 MESES QUE MEU PAI FALECEU E DESDE AQUELE TEMPO QUE QUASE NÃO ESCREVI AQUI NO BLOG QUE FIZ PRA ELE.
É MUITO DIFÍCIL ESCREVER, MESMO SABENDO DA DIFICULDADE QUE ELE TEVE NOS ÚLTIMOS ANOS DE VIDA TERRENA, MAS SEMPRE TEMOS AS RECORDAÇÕES MELHORES OU BOAS DE VIDA. ENTÃO, RESOLVI ESCREVER AS POUQUÍSSIMAS LINHAS PARA DEPOIS DÁ SEGUIMENTO COM MUITAS NOVIDADES E PENSAMENTOS DOS MEUS IRMÃOS E IRMÃS, POIS SEI QUE ELES TAMBÉM QUEREM DÁ UMA PARTÍCULA DE VOZ EM RELAÇÃO AO NOSSO PAI E SEI QUE É MUITO BOM, POIS O PAI FOI UM HOMEM QUE SEMPRE VISOU A NOSSA FAMÍLIA E SEMPRE ESTEVE NOS ALERTANDO DE TUDO NA VIDA. AGRADEÇO SEMPRE AO NOSSO PAI CELESTIAL QUE PELO PAI OBSERVADOR (QUE TIVEMOS) E DA MÃE CORREGEDORA QUE TEMOS. QUE DEUS A CONSERVE SEMPRE COM SAÚDE!

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

FALECIMENTO DE JOAO DO CIGARRO *20-12-2011

Após quatro anos e quatro meses que estivera de cama entre bons e cuidadosos dias, João veio a falecer. Ele sempre estando sob os cuidados de sua esposa a sra. Maria Angela, que sempre lhe deu bons cuidados, entre alimentação e medicamentos no horário certo, conversas e etc.
Ele esteve internado entre vários hospitais, desde o último AVC ao qual foi confrontado, passando vários dias em acompanhamento médico. No dia 20 de Dezembro de 2011, estava no HGV (Hospital Getúlio Vargas) há 17 dias internado na UPG (Unidade de Pessoas Graves) e após a visita da esposa e da filha caçula (Edna)  veio a falecer às 15:50h.
João foi um verdadeiro guerreiro pelas causas dos mais necessitados.


*Estamos ainda em construção desta matéria

quinta-feira, 29 de abril de 2010

BODAS DE OURO


ENTRE ALGUNS DIAS DIFÍCEIS E COM MUITAS DIFICULDADES, OS FILHOS JA COM A VIDA ENCAMINHADA, O CASAL PREPARARAM JUNTAMENTE COM OS FILHOS A COMEMORAÇÃO DAS BODAS DE OURO, COM ENTRADA TRIUNFAL E TUDO.





A ENTRADA COM SEUS FILHOS, NETOS E BISNETOS. CULTO CERIMONIAL OFERECIDO PELA FAMILIA NA IGREJA EVANGELICA ASSEMBLEIA DE DEUS EM CASA AMARELA - RECIFE -PE.
O PASTOR QUE OFICIALIZOU O CERIMONIAL FOI HELIO RIBEIRO, TIVEMOS A PRESENCA DO CORAL DA IGREJA REGIDO PELO MAESTRO SILVIO ARAUJO E NA LIDERANCA DOS LOUVORES CONGREGACIONAIS O MÚSICO OSVALDO ARAUJO.







DENTRE MUITOS PARENTES, ESTIVERAM TAMBÉM OS AMIGOS, ALGUNS DA ÉPOCA PASSADA, OUTROS DA ATUAL, QUE VIERAM PARA PRESTIGIAR O CASAL E FAMÍLIA, POR ESTE DIA TÃO FANTÁSTICO E QUE SABEMOS QUE MUITOS NÃO ALCANÇAM. FOI UMA BÊNÇÃO!

















APÓS OS CÂNTICOS, MEUS PAIS TIVERAM A OPORTUNIDADE DE FIRMAREM O COMPROMISSO DAS ALIANÇAS ENTRE SI, POR MAIS UMA VEZ, AGORA, NÃO SOMENTE NA PRESENÇA DAS AUTORIDADES, MAS NA PRESENÇA DOS FILHOS QUE ASSISTIAM A TUDO E ERAM ASSISTIDOS POR TODOS.






APÓS O CERIMONIAL, FOI LIDO O RELATÓRIO FAMILIAR, OU SEJA, A ÁRVORE GENEALÓGICA DA FAMILIA PELA FILHA (EDNA), QUE RELATOU TODOS OS ACONTECIMENTOS COLHIDOS PELOS PAIS E FAMILIARES.













APÓS TODOS OS AGRADECIMENTOS, SEGUIU À RECEPÇÃO NO PRÉDIO ANEXO DA IGREJA E MAIS BÊNÇÃO.
AGORA ACOMPANHADA COM TUDO O QUE SE TEM DIREITO, COM DOCES, SALGADOS, PRATOS QUENTES E, O SUPER GELADO, DELICIOSO SORVETE DE VÁRIOS SABORES, PARA TODOS COM DIREITO A REPETIR MAIS UMA VEZ.
FOI UM MOMENTO ÍMPAR NAS NOSSAS VIDAS. MUITO BOAS AS RECORDAÇÕES DAQUELE DIA.

domingo, 18 de outubro de 2009

LADO FAMILIAR - BODAS DE PRATA DO CASAL (25 ANOS)


QUANDO UM CASAL CENTRALIZA A PESSOA DO NOSSO SENHOR E SALVADOR JESUS CRISTO EM TUDO DA SUA VIDA, COM CERTEZA, SO VIVERÁ EM VITÓRIA SEGUIDA DE VITÓRIA, E FOI O QUE ACONTECEU COM ESTE CASAL QUE APESAR DE MUITAS DIFICULDADES, SEMPRE CONQUISTARAM UM ESPAÇO NO OUTRO E ASSIM, CHEGANDO A MUITOS ANOS DE CONVIVÊNCIA. SEMPRE ME ENCONTRO LEMBRANDO E RELEMBRANDO DO FAMOSO SALMISTA QUE ESCREVENDO O 23 TEMOS ESTE CÂNTICO COM A EPÍGRAFE: A FELICIDADES DE TERMOS O SENHOR COMO NOSSO PASTOR, E LEMOS E VEMOS AQUELA PARTE EM QUE ELE (SALMISTA) DIZ: "AINDA QUE EU ANDE PELO VALE DA SOMBRA E DA MORTE, NÃO TEMEREI MAL ALGUM, PORQUE TU ESTAS COMIGO; A TUA VARA E O TEU CAJADO ME CONSOLAM". OLHANDO AOS NOSSOS DIAS, VEMOS QUANTOS VALES DA SOMBRA E DA MORTE ESTE CASAL PASSARAM, QUANTAS MÁS CONVERSAÇÕES SURGIRAM PARA QUE ELES NÃO PROSSEGUISSEM, QUANTAS INVEJAS E DISPEITAS! MAS, O SENHOR É AQUELE QUE GUIA PELA VEREDA DA JUSTIÇA POR AMOR AO SEU PRÓPRIO NOME, POIS ELE VELA POR CADA UMA PESSOA, ELE CUIDA, LIVRA E GUIA. CONTINUANDO AINDA NO CÂNTICO 23.6 LEMOS E CREMOS QUE A A BONDADE E A MISERICÓRDIA DO SENHOR NOS SEGUIRÃO TODOS OS DIAS DE VIDA. DEUS É TÃO BOM E ETERNA A SUA BENEGNIDADE E É POR ISSO QUE ESTE CASAL ESTA AI, A MISERICÓRDIA E A BENEGNIDADE DO SENHOR OS ALCANÇOU POR TODOS OS SEUS DIAS. ESTE É MAIS UM EXEMPLO DE VIDA DENTRE MUITOS OUTROS QUE CONHECEMOS E SABEMOS. E AS BODAS NÃO FICARAM SOMENTE NESTAS MAS EM OUTRAS!



FESTA DAS BODAS DE PRATA JUNTAMENTE COM SEUS FILHOS. DA ESQUERDA PRA DIREITA: ELIETE, MOISÉS, MAURICEIA, JOÃO COM O EGILDO, NA SUA FRENTE GEDEÃO, D. ANGELA SEGUIDA DAS FILHAS EDNA, MARILENE E MARILEIDE, TODOS NA MAIOR ALEGRIA. ESTA FESTA DE BODAS DE PRATA ME FAZ LEMBRAR DAS FESTAS QUE LEMOS NA BÍBLIA, EM QUE O POVO DE ISRAEL QUANDO IAM DAR UMA FESTA SEGUIA POR VÁRIOS DIAS FESTEJANDO, PRINCIPALMENTE QUANDO O ASSUNDO0 ERA RELACIONADO A CASAMENTO. NÃO SEI POR QUAL LIGAÇÃO ME FAZ LEMBRAR DISSO, MAS SINTO COMO NO MEIO DE UM POVO A CELEBRAR ESTE DIA, QUE FOI UMA GRANDE VITÓRIA PRA TODA A NOSSA FAMÍLIA E QUE NÃO FICOU POR AI, MAS FOI SEGUIDA DE MUITAS OUTRAS.



COM SEUS PAIS, JOÃO COM SUA MÃE MARIA JOSÉ E, ANGELA COM SEUS PAIS: ALICE FRANCISCA E ANGELO ALEXANDRE MARQUES.



ENTRE TANTAS CONQUISTAS QUE O SER HUMANO DESEJA E ATÉ PODE CONSEGUIR, EXISTE UMA QUE MUITOS ALMEJAM E QUASE TODOS NÃO CONSEGUEM: "CONVIVÊNCIA SÓLIDA DE UM CASAL", É AQUELA ANTIGA FRASE: "ATÉ QUE A MORTE OS SEPAREM", SERÁ QUE AINDA É USADA NOS CASAMENTOS ATUAIS? POIS BEM, AQUI TEMOS A CELEBRAÇÃO DAS BODAS DE PRATA DESTE CASAL, QUE MUITAS LUTAS E DIFICULDADES ENFRENTARAM JUNTOS, PARA QUE ESTIVESSEM UNIDOS ATÉ OS TEMPOS ATUAIS. JUNTAMENTE COM SEUS FILHOS, AGRADECENDO A DEUS POR MAIS ESTE DIA POR ELE PERMITIDO E DIZENDO JUNTOS: "REGOZIGEMO-NOS E ALEGREMO-NOS NELE!"

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

SEU DIA A DIA

Algumas das muitas fotos com ilustres amigos de luta.



alt=""id="BLOGGER_PHOTO_ID_5381842209549603282" />



João com o seu trabalho (vendas em grosso de cigarro) conheceu muitas pessoas e com isso ficou conhecido entre muitos. Como sempre gostou de ajudar ao próximo ele começou a se envolver com trabalhos voluntários e ajudar na comunidade Casa Amarela, Recife,onde morava desde que veio de Moreno até os dias atuais. Em mil novecentos e setenta e tres fundou juntamente com alguns amigos um Movimento em prol da comunidade e, dois anos depois registraram esse Movimento que perdura ate nossos dias com o nome M.T.N. (Movimento Terras de Ninguém).

Por motivo de saúde,devido o seu afastamento outros tomaram a frente e seguram até os dias de hoje onde houve a última eleição em Março/2009 estão levando adiante com novas ideias e diretrizes.
Através de todo seu trabalho na comunidade o sr. João conheceu e fez amizades com várias pessoas políticas dentre muitos foram seus amigos Miguel Arraes de Alencar, Gregório Bezerra, Marcos Freyre, fez amizade também com D. Hélder Camara que sempre o ajudava com problemas da comunidade. Estes se foram deixando recordações e lutas em favor da classe baixa como sempre foi ouvido a falar. Atualmente o homem do povo que mais está em contato com o sr. João é o Senador Marco Maciel que sempre, sempre aparece para saber como vai.